25 de novembro de 2021 às 15h51

Carne suína: retomada das vendas à Rússia é positiva diante de incertezas sobre China

A confirmação da habilitação de mais nove plantas de carne suína do Brasil aptas a vender ao mercado russo veio em um bom momento, segundo a avaliação do analista da Safras & Mercado, Allan Maia. “O setor de carne suína enfrenta um momento de incerteza com relação ao potencial de compras por parte da China para os próximos meses”, ressalta.

Maia disse que em outubro foi evidenciado o segundo pior embarque brasileiro de carne suína ao mercado chinês no ano, ficando em 37,353 mil toneladas. “Este pode ser um dado pontual, mas deixa o setor em cautela no que tange aos dados a serem registrados nos próximos meses”, destaca.

O analista afirma que é difícil precisar que volumes passarão a ser exportados para a Rússia, muito embora a carne suína brasileira tenha como pontos favoráveis o fato de ser bastante atrativa em termos de preços e de contar com uma alta qualidade. “Antes do entrave relacionado à ractopamina em 2017, a Rússia era o principal destino da carne suína brasileira. Naquele ano, o Brasil exportou 257,5 mil toneladas de carne suína para o mercado russo”, disse.

Agora, somadas às quatro plantas já habilitadas anteriormente, o Brasil passa a contar com treze unidades frigoríficas aptas a vender carne suína para a Rússia. “Entre janeiro e outubro deste ano, o Brasil exportou 3,827 mil toneladas de carne suína ao mercado russo. Desse total, apenas em outubro foram embarcadas 2,181 mil toneladas”, disse.

Maia comenta ainda que a Rússia sofre com alta de preços e representantes do setor no país alegam que a produção está sendo impactada pela peste suína africana, mas não tão severamente como o ocorrido na China em 2018/2019. “De qualquer modo, há um déficit de oferta no mercado russo, o que favoreceu a reabertura das unidades brasileiras”, sinaliza.

Projeções iniciais da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que a partir da reabilitação das nove plantas aptas a vender carne suína ao mercado Russo, o Brasil pode conseguir uma receita de até US$ 200 milhões.

carne suína, carnes, exportações

Foto: Prefeitura de Capão Bonito

14/04/2021 às 13h02

Castrolanda oficializa cancelamento do Agroleite 2021

A cooperativa Castrolanda informou nesta quarta-feira, 14, que a edição do Agroleite deste ano foi cancelada em virtude da pandemia de Covid-19. O evento tinha –

Leia Mais
14/04/2021 às 09h33

Milho continua em alta nos mercados físico e futuro

A pressão sobre o mercado de milho brasileiro segue grande, e com isso, os preços do cereal continuam a avançar no mercado físico. A terça-feira –

Leia Mais
14/04/2021 às 09h01

Boi gordo: contratos na B3 tem queda de 2%

O balcão segue firme e sustentado na pouca oferta de animais prontos para abate. Os preços em São Paulo se mantêm firmes entre R$ 315 –

Leia Mais
13/04/2021 às 20h55

Milho: cotações avançam no Brasil com oferta cada vez mais restrita

O mercado brasileiro de milho teve mais um dia de preços firmes. Segundo o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, as dificuldades de –

Leia Mais
13/04/2021 às 19h56

Ovos: granjas do RS devem rever alojamento para enfrentar alto custo do milho

Nos próximos meses, as granjas especializadas na produção de ovos devem rever o alojamento de animais para enfrentar o alto custo do milho. Diante do –

Leia Mais
13/04/2021 às 19h50

Casal de SC implanta sistema que permite algo raro na produção de leite: tirar férias

Um jovem casal de produtores de leite de Xanxerê, em Santa Catarina, dá exemplo de gestão da propriedade e consegue algo difícil de imaginar na –

Leia Mais
13/04/2021 às 19h15

Milho: colheita da 2ª safra alcança 92% da área no Paraná

A colheita da 1ª safra de milho 2020/21 no Paraná, atinge 92% da área. Segundo o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura –

Leia Mais
13/04/2021 às 19h01

Leite: Mato Grosso ganha conselho paritário de produtores e indústrias

Foi lançado nesta terça-feira, 13, o Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite do Estado de Mato Grosso (Conseleite-MT). O objetivo é unificar a –

Leia Mais
13/04/2021 às 17h57

Boi gordo tem dia de recuo nos preços com melhora pontual da oferta

O mercado físico de boi gordo registrou preços mistos nesta terça-feira, 13. Segundo o analista Fernando Henrique Iglesias, da consultoria Safras & Mercado, os frigoríficos –

Leia Mais
13/04/2021 às 16h01

Baixo volume de oferta impulsiona preços da arroba do boi no MT

A cotação da arroba do boi gordo ficou na média de R$ 296,01 em março de 2021, acréscimo de 1,97% ante o mês de fevereiro –

Leia Mais