25 de novembro de 2021 às 15h51

Carne suína: retomada das vendas à Rússia é positiva diante de incertezas sobre China

A confirmação da habilitação de mais nove plantas de carne suína do Brasil aptas a vender ao mercado russo veio em um bom momento, segundo a avaliação do analista da Safras & Mercado, Allan Maia. “O setor de carne suína enfrenta um momento de incerteza com relação ao potencial de compras por parte da China para os próximos meses”, ressalta.

Maia disse que em outubro foi evidenciado o segundo pior embarque brasileiro de carne suína ao mercado chinês no ano, ficando em 37,353 mil toneladas. “Este pode ser um dado pontual, mas deixa o setor em cautela no que tange aos dados a serem registrados nos próximos meses”, destaca.

O analista afirma que é difícil precisar que volumes passarão a ser exportados para a Rússia, muito embora a carne suína brasileira tenha como pontos favoráveis o fato de ser bastante atrativa em termos de preços e de contar com uma alta qualidade. “Antes do entrave relacionado à ractopamina em 2017, a Rússia era o principal destino da carne suína brasileira. Naquele ano, o Brasil exportou 257,5 mil toneladas de carne suína para o mercado russo”, disse.

Agora, somadas às quatro plantas já habilitadas anteriormente, o Brasil passa a contar com treze unidades frigoríficas aptas a vender carne suína para a Rússia. “Entre janeiro e outubro deste ano, o Brasil exportou 3,827 mil toneladas de carne suína ao mercado russo. Desse total, apenas em outubro foram embarcadas 2,181 mil toneladas”, disse.

Maia comenta ainda que a Rússia sofre com alta de preços e representantes do setor no país alegam que a produção está sendo impactada pela peste suína africana, mas não tão severamente como o ocorrido na China em 2018/2019. “De qualquer modo, há um déficit de oferta no mercado russo, o que favoreceu a reabertura das unidades brasileiras”, sinaliza.

Projeções iniciais da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que a partir da reabilitação das nove plantas aptas a vender carne suína ao mercado Russo, o Brasil pode conseguir uma receita de até US$ 200 milhões.

carne suína, carnes, exportações

Foto: Prefeitura de Capão Bonito

15/03/2021 às 11h33

Poder de compra do avicultor de postura aumenta frente a farelo e cai em relação a milho

Os preços dos ovos permanecem em patamares recordes, segundo os dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). A desvalorização do farelo de –

Leia Mais
15/03/2021 às 07h31

Boi gordo: escassez de oferta continua a superar demanda

Mesmo com o medo e a apreensão com as novas medidas restritivas tomada pelos governos estaduais, a escassez de oferta continua a superar a demanda –

Leia Mais
13/03/2021 às 19h01

Novo sistema antecipa diagnóstico de mastite em vacas leiteiras

Já pensou em saber previamente qual vaca do rebanho pode desenvolver mastite e consegui diminuir o prejuízo com a doença desde o começo? Uma startup –

Leia Mais
13/03/2021 às 13h06

Defesa agropecuária no Brasil é uma das mais fortes do mundo, diz CNA

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) comemorou o parecer favorável da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) que reconheceu Paraná, Rio Grande –

Leia Mais
13/03/2021 às 12h05

Boi gordo: preço da arroba sobe 53% em 12 meses, avalia Deral

A arroba do boi teve preço reajustado em 53% nos últimos 12 meses, o que refletiu diretamente no bolso dos consumidores brasileiros de carne. A –

Leia Mais
12/03/2021 às 18h34

Boi gordo sobe e chega ao maior valor da semana

O mercado físico do boi gordo teve mais um dia de alta nos preços nesta sexta-feira, 12. Os frigoríficos ainda encontram um quadro de oferta –

Leia Mais
12/03/2021 às 09h31

Frango: poder de compra do produtor aumenta em relação ao farelo de soja

Neste início de março, os preços do frango vivo estão em alta, enquanto as cotações do farelo de soja têm registrado leves baixas. Assim, segundo –

Leia Mais
12/03/2021 às 09h01

BRF assina contrato com Banco do Brasil para financiar painéis solares em granjas

A  indústria de alimentos BRF informou que assinou contrato com o Banco do Brasil (BB) para financiar a instalação de painéis de energia solar nas –

Leia Mais
12/03/2021 às 08h01

Boi gordo: mercado interno segue estagnado e liquidez continua baixa

O mercado interno segue estagnado, os preços não avançam e a liquidez continua baixa. Porém, na B3, a arroba do boi gordo segue em alta, –

Leia Mais
12/03/2021 às 07h31

Milho: preço segue avançando com compradores refazendo estoques

O preço do milho no mercado interno segue avançando no físico, a cotação do cereal na referência Campinas ultrapassou os R$91,50 por saca refletindo a –

Leia Mais